• Da Redação.

// Índia é tema de exposição na Galeria de Arte da Cemig

Em 2015, o fotógrafo Pedro Mendes passou 30 dias na Índia e fez uma série de registros no segundo país mais populoso do mundo. Algumas dessas fotos vão estar expostas na Galeria de Arte da Cemig a partir desta terça-feira (8/5), no bairro Santo Agostinho, com entrada gratuita.


As longas viagens de trem pelo país, a relação da população com os animais e a hospitalidade do povo indiano foram fatores que mais impactaram o fotógrafo.


“Deslocava-me pelas cidades em viagens de trem que duravam doze horas ou mais. Os percursos possibilitaram uma percepção minuciosa sobre a relação da população local com o cuidado e proteção aos animais. Fora dos grandes centros, o trabalho braçal ainda é predominante”, conta o Pedro Mendes.


Além disso, o fotógrafo destaca o sentimento hospitaleiro que predomina no país oriental. “Cores, temperos e cheiros diversos exalados pelas ruas ornam as pessoas que, apesar de grande parte delas ter condições sociais e econômicas desfavoráveis, são muito alegres, hospitaleiras e intimamente conectadas às devoções religiosas. Por muitas vezes, até me esquecia de fotografar, enquanto proseava sem pressa, com o olhar atento não ao clique, mas aos olhos, gestos e histórias”, relata Pedro.


Outro destaque lembrado por ele é o Rio Ganges. Com 2.500 quilômetros de extensão, o curso é considerado sagrado pelos hindus, que o veneram na forma da deusa Ganga Kalighat. Eles creem que, ao tomar banho no rio, os pecados são perdoados, facilitando os ciclos de vida, morte e reencarnação. Os registros que fez às margens do Ganges ressaltam a relação de amor com o rio sagrado.


“O Ganges está totalmente integrado ao cotidiano da população: é fonte de água, via de transporte, objeto de veneração e rituais. A relação do povo com o rio é muito forte. A vida e a morte encontram na cidade uma significante referência”, destacou o fotógrafo.


Nesta exposição, Pedro Mendes tem o objetivo de desmistificar a cultura indiana, que é muito mais plural do que a comumente imaginada pelo Ocidente.


“A proposta de fracionar o ensaio por séries com predominâncias cromáticas é uma alusão à tentativa de desmistificar a Índia estereotipada, vista por boa parte do ocidente como uma luz única, revelando os diversos espectros de cor, que formam um país plural, com um significante sincretismo de realidades”, comenta.



// Sobre o artista


Pedro Mendes é fotógrafo autodidata, e começou a se interessar pela fotografia aos 14 anos, por meio de seus tios apaixonados pelo tema. Viajou pelo mundo durante alguns anos e, após regressar ao Brasil com imagens feitas pelos locais por onde passou, decidiu se profissionalizar.


Sempre interessado em poesia, arte e comportamento humano, viu na fotografia uma oportunidade de expressar seu olhar publicamente. Tem como tema predileto o ser humano, e desenvolve seu trabalho autoral retratando o cotidiano das pessoas, abordando em seus projetos questões sociais, culturais e econômicas contemporâneas.



// Programação Galeria de Arte Cemig


Exposição: Índia

Artista: Pedro Mendes

Período de exposição: 08/05 a 26/06

Endereço: Av. Barbacena 1200, Santo Agostinho

Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8 às 19 horas




Fonte: SEC - Secretaria de Estado de Cultura.




#evento #entretenimento #exposição #arte #artesvisuais #minas #outrascidades

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

DESTAQUES

//PausaCultural

Espaço totalmente direcionado para a troca de ideias, conteúdos e informações relacionadas a integração cultural, valorizando sempre a troca de experiências e a liberdade criatividade.

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

ARQUIVO

INSCREVA-SE

 Deixe o seu Email abaixo para ser avisado sobre as novidades do //PausaCultural. 

© 2016: Todos  os direitos reservados para //PausaCultural.                   

Desenvolvimento e Criação: Sete Comunicação e Negócios.